Aventuras na Chucruteslândia

a terra da batata, da cerveja e das mulheres de peito grande e zero de bunda

  • Sobre o Blog

    Este foi um espaço usado por cerca de 1 ano, o que durou a fantástica experiência de largar tudo, trabalho, família e casa, e ir para a Alemanha, em Freiburg, para passar 1 ano estudando e pensando na vida.

    Funcionou, já que voltei e mudei minha vida de uma forma que não imaginava, e de que não me arrependo nem um pouco.

    Ficam agora as memórias das viagens, dos micos e dos novos amigos conquistados. Conheci gente de todo canto, principalmente no curso. Deixe-me tentar listar: alemães, russos, chineses, algerianos, turcos, sul-coreanos, italianos, croatas, iugoslavos, ucranianos, tailandeses, indianos, nepaleses, romenos, franceses, espanhois, portugueses, holandeses, islandeses, etc. (devo ter esquecido de algum, mas sa para ter uma idéia!!)

  • Utilidade

    Espero que tenha alguma utilidade para você, visitante, que deve ter encontrado em alguma pesquisa ou link perdido internet afora.

    Bom proveito.

    Qualquer coisa, deixe um comentário que responderei com prazer.

Detalhes da Vida Social

Posted by mLopes on Sunday, 15 June 2008

No cotidiano, pequenas palavras ou expressões podem revelar todo um estilo de vida.

Algumas coisas quase passam batido. Muitas vezes passam mesmo, e por meses. Já comentei sobre o estilo regrado da vida dos alemães, mas um detalhe havia me passado batido até pouco tempo atrás: o jeito que eles usam para pedir licença em algumas situaçoes.

Fato já conhecido: nas escadas rolantes, por exemplo, existe uma regra, muitas vezes até explicita em uma placa “Links gehen, Rechts stehen”, algo como “Esquerda passar, direita ficar”. Isso significa que quem for ficar parado esperando a escada subir deve se manter a direita e deixar a esquerda livre para os apressados que insistem em correr pelos degraus.

Quando alguém não respeita e fica parado no lado esquerdo da escada rolante, logo já chega um e solta o sonoro e conhecido “Achtung!“, que signiflinks-rechtsica Atenção. E não é só na escada rolante. No ônibus, se quiserem passar e você estiver de pé, vai provavelmente ouvir um Achtung. Até na rua podemos ser surpreendidos com a expressão.

A grande pergunta é: Porque não pedir “licença” ou “por favor”?

Claro que muitos usam pedir licença ou agradecer em seguida. Não estamos colocando em cheque a cordialidade dos alemães. Inclusive é exatamente o contrário. Esse “Atenção” deles não significa chamar de estupido ou repreender. E só o jeito mesmo de falar. Eles acham super normal. É como se estivesem pedindo licença. É igual, mas ao mesmo tempo esconde uma sutil diferença.

Minha conclusão é que a origem esta na historia das regras. Afinal são regras, mesmo que não explicitas, e espera-se que sejam respeitadas. Quando não, se diz um simples “Atenção à Regra!”. A impressão que tenho é que vale a mesma máxima conhecida no ambiente de trabalho. Estamos aqui para trabalhar, não necessariamente para sermos amigos. Acho que eles extrapolam para o convívio social. E não se trata de ser pior ou melhor que em outros cantos do mundo. So é diferente:

“Estamos aqui não para sermos todos amigos, mas sim para morar na mesma cidade e dividir os recursos disponíveis.”

Obs.: Sei que essa foi meio profunda, para não dizer divagação. A maior viagem ever!!! Mas é isso. E ponto.

Palavra do dia: Geschwindigkeitbeschränkung = limite de velocidade. Se tiver que procurar no dicionario quando vir essa placa, na melhor das hipóteses vai tomar uma multa.🙂

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: