Aventuras na Chucruteslândia

a terra da batata, da cerveja e das mulheres de peito grande e zero de bunda

  • Sobre o Blog

    Este foi um espaço usado por cerca de 1 ano, o que durou a fantástica experiência de largar tudo, trabalho, família e casa, e ir para a Alemanha, em Freiburg, para passar 1 ano estudando e pensando na vida.

    Funcionou, já que voltei e mudei minha vida de uma forma que não imaginava, e de que não me arrependo nem um pouco.

    Ficam agora as memórias das viagens, dos micos e dos novos amigos conquistados. Conheci gente de todo canto, principalmente no curso. Deixe-me tentar listar: alemães, russos, chineses, algerianos, turcos, sul-coreanos, italianos, croatas, iugoslavos, ucranianos, tailandeses, indianos, nepaleses, romenos, franceses, espanhois, portugueses, holandeses, islandeses, etc. (devo ter esquecido de algum, mas sa para ter uma idéia!!)

  • Utilidade

    Espero que tenha alguma utilidade para você, visitante, que deve ter encontrado em alguma pesquisa ou link perdido internet afora.

    Bom proveito.

    Qualquer coisa, deixe um comentário que responderei com prazer.

Procurando Quarto para Estudante

Posted by mLopes on Friday, 18 April 2008

Apesar da grande disponibilidade de moradias para estudantes em Freiburg, a busca nunca é fácil, assim como em qualquer lugar do mundo. Mas o legal é poder conhecer mais um monte de gente e comportamentos do povo daqui.

Essa semana finalmente encerrei as buscas por um novo quarto. Desde que cheguei estava em um quarto de uma casa de família. Na verdade é uma Sra. que mora sozinha em uma casa bem grande, então ela aluga um quarto para mim e mais dois outros para uma mulher que tem o escritório dela aqui. Mas mês passado a Bettina, dona aqui da casa, me avisou que vendeu o apartamento e comprou outro menor pra ela. Portanto teríamos que sair até o final de abril ou comecinho de maio.

Comecei então as buscas. Resolvi que queria morar agora uma república, que aqui se chama WG, sigla para Wohngemeinschaft. A primeira descoberta foi que o mercado de WGs aqui em Freiburg é extremamente abundante. Era de se esperar, já que a cidade tem mais de 30 mil estudantes…

A primeira coisa curiosa é que WGs não são só de estudantes. Existem muitas de pessoas que trabalham e moram com outros. Ou porque são solteiros e para baixar custos mesmo ou porque moram em outra cidade com a família e passam só os dias de semana por aqui. Isso acontece também no Brasil, mas bem menos, com certeza.

A busca é muito fácil pela Internet. Na verdade tem também no jornal de classificados grátis da cidade, o Zypresse, mas nem se compara com os dois grandes sites. Você entra lá e cadastra sua procura. Pode optar por colocar um anúncio ou só por receber avisos por email das novas vagas disponíveis. Tudo gratuitamente. Como me cadastrei nos dois, passei 1 mês recebendo uns 15 emails por dia de novas opções, já filtradas pelo perfil que pedi, de local, preço e tamanho.

Fiz minha tabelinha no Excel para ir controlando as visitas, contatos, etc. Como era de se esperar, existe um mínimo de organização. Você liga ou manda um email e agenda um horário para a visita. Estimo que para cada vaga eles tenham uns 6 a 10 interessados. Você vai ate la, vê a casa, o quarto e conversa com o pessoal que mora. Tipo uma entrevista mesmo… bem informal, mas é engraçado. O bom é que já deu para se virar muito bem com o alemão. Claro que nada de fluência, mas já me viro bem mais… nem se compara com a minha chegada aqui, por exemplo, na cômica história Abertura de Conta no Banco.

Algumas observações são muito interessantes:

  • Eles não dividem quarto. Apesar de eu também procurar um quarto sozinho, fiquei impressionado por não ter encontrado ninguém – eu disse ninguém – que divida quarto, pelo menos nas 14 casas que visitei. Acredito que por dois motivos principais: pelo jeito dos alemães mesmo, de serem naturalmente mais reservados, e pelo fato de não existir motel por aqui! No Brasil eu diria que uns 70% dos estudantes que moram em republica, pelo menos no começo da faculdade, dividem quarto.
  • As repúblicas normalmente não tem sala! As com preços mais acessíveis, pelo menos. E isso tem uma explicação extremamente lógica. Como os alugueis são muito mais caro por aqui e eles não dividem quarto, o que resta para deixar o valor por pessoa num patamar razoável é transformar a sala em quarto. A desvantagem é que se perde, acredito eu, boa parte da convivência em grupo de uma república. Eu, por exemplo, nunca vi, nem consigo imaginar, uma república brazuca sem uma TV e um sofá, para assistir jornal, jogos e ficar conversando bobagem. Ainda mais eu, que morei boa parte da facul na RepGalo, numa casa gigantesca. Claro que existem WGs aqui que têm sala, mas eu só vi uma. Isso porque o patamar de preços sobe, e sai da faixa em que eu estava procurando.
  • Algumas das que visitei, descartei logo. A minoria, claro. Precisamente 2 das 114. Eram extremamente impessoais. Tipo: estamos procurando alguém assim ou assado para rachar as despesas. Se topar, você mora aqui, e dividimos nossos custos. Bem contrato mesmo. To fora.

No final, aluguei não exatamente uma WG, mas sim um quarto num prédio particular de estudantes. São 6 quartos por andar, e cada um dos andares tem cozinha, lavanderia e area de convivência em comum. O quarto é bem menor que o meu atual (gigante, por sinal!!). Mas ainda sim tem um tamanho suficiente. Ah, e é mobiliado, o que me poupa muita dor de cabeça que teria nas próximas 3 semanas. Já vem com guarda-roupa, cama, cômoda com armário, luminária grande, escrivaninha, sofá, cadeira, etc. Ah, e aos que prometeram vir me visitar, agora fica mais fácil para utilizar o Hotel e Pousada mLopes. Lucas, Buiu, Gabriel, Guedes… cadê a visita que me prometeram?? To esperando ainda!!!😉

Agora que já estou mais tranquilo com meu novo quarto, vou ter mais tempo aqui pro site. Inclusive já to preparando a história dos tipos e tipos que encontrei nas minhas visitas. Muita gente estranha!!! Comédia.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: