Aventuras na Chucruteslândia

a terra da batata, da cerveja e das mulheres de peito grande e zero de bunda

  • Sobre o Blog

    Este foi um espaço usado por cerca de 1 ano, o que durou a fantástica experiência de largar tudo, trabalho, família e casa, e ir para a Alemanha, em Freiburg, para passar 1 ano estudando e pensando na vida.

    Funcionou, já que voltei e mudei minha vida de uma forma que não imaginava, e de que não me arrependo nem um pouco.

    Ficam agora as memórias das viagens, dos micos e dos novos amigos conquistados. Conheci gente de todo canto, principalmente no curso. Deixe-me tentar listar: alemães, russos, chineses, algerianos, turcos, sul-coreanos, italianos, croatas, iugoslavos, ucranianos, tailandeses, indianos, nepaleses, romenos, franceses, espanhois, portugueses, holandeses, islandeses, etc. (devo ter esquecido de algum, mas sa para ter uma idéia!!)

  • Utilidade

    Espero que tenha alguma utilidade para você, visitante, que deve ter encontrado em alguma pesquisa ou link perdido internet afora.

    Bom proveito.

    Qualquer coisa, deixe um comentário que responderei com prazer.

Freiburg: Consciência Ambiental e Energia Solar

Posted by mLopes on Monday, 14 January 2008

Freiburg é uma das cidades mais "ecológicas" do mundo. O apoio da população e o longo histórico de apoio das autoridades locais à causa explicam tal imagem. Uma das mais caras das cidades médias da Alemanha, o custo de vida foi inflacionado por essa fama.

Eu ia tratar desse tema mais para frente, mas acabou de sair um estudo do jornal inglês The Guardian que me fez adiantar as considerações.

Esse estudo elegeu as "50 Pessoas que Podem Salvar o Planeta". O objetivo foi identificar as iniciativas que estão alinhadas com a necessidade de conservação ambiental e sustentabilidade. O prefeito de Freiburg, Dieter Salomon foi eleito como uma dessas 50 pessoas, e isso tem embasamento em vários pontos interessantíssimos sobre a cidade, que foi também considerada o maior exemplo de sustentabilidade energética entre todos os países desenvolvidos.

  • Freiburg, com seus 200 mil habitantes, produz mais energia solar que toda a Inglaterra somada;
  • As empresas, institutos e universidades que trabalham com energia solar empregam na cidade milhares de pessoas, em pesquisa e fabricação;
  • O arquiteto local Rolf Disch projeta casas que produzem mais energia que consomem, e o ganho obtido com a venda dessa energia pode pagar toda a construção da casa em alguns anos;
  • Em 2010, 10% de toda a energia consumida na cidade virá Painéis solares em Freiburgde fontes renováveis;
  • Todo o centro histórico foi convertido em zona de pedestres, com pouquíssimos lugares para estacionar carros. No centro são 200 vagas para carros e mais de 5000 para bicicletas;
  • São mais de 500 km de ciclovias na cidade, e mais de 30% da população opta por andar a pé ou de bicicleta;
  • Foi introduzido na década de 90 um ticket muito mais barato e mensal para o transporte público (44 euros preço cheio, estudantes e idosos pagam meia). Com essa iniciativa, a utilização de transporte público mais que dobrou, reduzindo a poluição na cidade;
  • Cada habitante de Freiburg produz pouco mais de 200kg de lixo por ano, quase tudo selecionado pelos moradores e reciclado (no Brasil são quase 500kg e nos EUA mais de 700kg);
  • É difícil até comprar uma casa, pela quantidade de pessoas que se interessam pela qualidade de vida local;

A origem disso remonta à década de 70, quando planejavam a construção de uma usina nuclear por Estação principal Hauptbahnhof com células foto-elétricasaqui. A população se mobilizou, impediu a construção e a partir dai iniciou-se essa consciência geral nos moradores.

O bairro Vauban, foto acima, com suas mais de 2000 casas, é exemplo nacional, pois foi projetado com a máxima economia de energia e espaço. Dezenas de casas nesse bairro são auto-sustentáveis e usam aquecimento elétrico apenas por 2 ou 3 semanas no ano. O restante é toEscritórios com energia solardo feito com aquecimento solar, de ambiente e de água, inclusive no inverno!!!

A cidade incentiva e subsidia a compra de painéis solares para as casas. Há vários anos, a construção de novas residências só é autorizade se incluir iniciativas de economia energética, como projeto de janelas especiais e placas foto-voltaicas.

A estação principal de trem possui centenas de placas de geração de energia solar nos tetos, produzindo também boa parte do que consome de energia. Foto à esquerda. a mesma iniciativa adotam diversas empresas locais, incluindo o estádio do time local de futebol e a grande cervejaria local Ganter, que tem uma fábrica gigantesca aqui.

Isso tudo acaba atraindo atenção, e hoje a universidade local e outros institutos têm grande foco nessa área. Muitas empresas e fábricas especializadas se instalaram por aqui e a maior feira internacional do gênero também acontece em Freiburg (InterSolar).

Legal, não? Mais infos: http://www.solarregion.freiburg.de

Fontes: The Guardian, Wikipedia, Solar Region Freiburg website.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: